loading...

segunda-feira, 30 de junho de 2014

ÔNIBUS BATE EM CASA PRÓXIMO A RODOVIÁRIA DE ITABUNA


 O motorista do ônibus da Kal Tour perdeu o controle do veículo e invadiu uma casa próximo a
rodoviária de Itabuna, outras informações em instantes. 



Acidente na Av. Itajuípe deixa dois feridos


Itabuna – Na manhã desta segunda-feira (30/06), um acidente envolvendo duas motos e dois carros deixou dois feridos na Av. Itajuípe. As vítimas foram socorridas pelo SAMU e encaminhadas ao Hospital de Base. 

De acordo com populares, um dos motociclistas colidiu na porta do carro, modelo Ford Ka, enquanto o motorista abria a porta. No impacto, o motociclista colidiu com outra motocicleta, foi arremessado e acabou sendo atropelado por um carro Fiorino, que pertence aos Correios.  Uma das vítimas foi identificada como Leonardo Santos da Lapa, 28 anos.

Mulher baleada no Antique continua internada no Base

Magda Alves Cordeiro, 51 anos, baleada no Antique, no momento em que Renilda Lima da Hora (Reni do Acarajé) era assassinada, continua internada no Hospital de Base. Magda foi alvejada no peito e na perna quando os criminosos atiraram e mataram Reni. 

Ela estava ao lado da vítima no momento do homicídio. Renilda da Hora foi esposa de um escrivão da polícia civil que não teve o nome revelado. Magda continua em observação no Base, mas seu quadro de saúde é estável.
Uma reunião realizada nesta sexta-feira (27), entre a equipe pedagógica da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) e monitores dos cursos oferecidos pela Casa das Artes marcou oficialmente a abertura dos trabalhos da Casa das Artes neste segundo semestre de 2014. No primeiro semestre, a FICC ampliou a quantidade de monitores de 22 para 82. A reunião contou com alguns monitores do primeiro semestre que tiveram seus contratos renovados e também com os novos monitores, que atuarão pela primeira vez, ou na Casa das Artes ou diretamente nas comunidades onde residem.
A professora Denise Sousa Tavares, coordenadora geral do Programa de Agentes Culturais em Áreas de Interesse Social (PACAIS), disse que “o objetivo deste encontro é o de dar as boas vindas aos agentes, explicar quais são as vertentes que norteiam os trabalhos, além de preparar os monitores para que consigam unir, em suas aulas, arte e cidadania, formação pedagógica com formação técnica e entusiasmo com perserverança”.

A professora Dalvani Medeiros, uma das coordenadoras das formações pedagógicas, disse que essa formação não é pontual. “Ela é contínua, necessária para que aprimoremos os trabalhos dos monitores, muitas vezes circunstanciados por aspectos muito singulares que só são detectados in loco, no momento em que a aula acontece. Então, a gente vai observando essas peculiaridades e vai desenvolvendo os planejamentos técnicos e pedagógicos. Este foi o primeiro encontro, o de abertura, e teremos outros ao longo do semestre”, observou a coordenadora.

O monitor Gleidson Santos Sousa, morador do bairro Sarinha, dará aulas de ballet. Ele observa que comunidades como Gogó da Ema, por exemplo, são muito carentes. “As pessoas até buscam alternativas para problemas como a violência, alternativas que retirem suas famílias das condições de vulnerabilidade nas quais se encontram, e nem sempre essa alternativa está ali, perto de casa. Então, é muito interessante essa atitude da FICC de querer aproximar o projeto Casa das Artes das comunidades”, disse ele.
A Casa das Artes, atualmente funcionando diariamente no horário das 8hs às 21hs, na Travessa Dr. Gil Nunesmaia (também conhecida como “Travessa da Catedral”), 22 / 1º andar – Centro, oferece cursos de Ballet, Dança de Salão, Capoeira, Aerobox, Street Dança, Artes Marciais, Teatro, Bateria, Teclado, Violão, Instrumentos de Sopro, Informática e Artes Digitais. Os interessados em participar de algum desses cursos deverão comparecer à sede da Casa das Artes ou na sede da FICC, na Praça Laura Conceição, 339 – Centro. Os cursos, além de serem oferecidos na própria Casa das Artes, são realizados também no Espaço Cultural Prof. Josué de Sousa Brandão, no bairro da Conceição e, a partir desse segundo semestre, em espaços organizados nos próprios bairros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário