loading...

terça-feira, 24 de junho de 2014

Prefeito manda Banda parar show erótico em Ubaitaba



O show da Banda Forró da Silibrina na primeira noite do São João do Hexa 2014, em Ubaitaba, gerou muita polêmica nas redes sociais, após crítica feita pela funcionária pública e professora Mira Lemos no Face. Tudo começou porque a banda trouxe para o São João de Ubaitaba uma coreografia que fazia apologia ao sexo com cenas pornográficas entre dançarinas e cantores em cima do palco. O prefeito Bêda (PMDB), estava na festa e mandou parar o show por causa das cenas, mas foi o suficiente para que a professora fizesse um desabafo no facebook. No facebook houve bate boca entre internautas. A vereadora de Ubaitaba, Sueli Carneiro (Suka), entrou no bate papo e deu algumas “alfinetadas” no governo Bêda, principalmete sobre os gastos com a festa. A Gerente Municipal de Cultura, Bella Calheira, não ficou de fora e acabou entrando na polêmica no intuito de defender o São João de Ubaitaba.Veja o desabafo da professora: "Cidadãos Ubaitabenses Merecem Respeito A cidade espera o ano todo pela festa do São João, já que foi tradição na região, vinha gente das cidades vizinhas para ver a decoração e as bandas, nos últimos anos, os organizadores resolveram criar o slogan “ano que vem faremos pior”. Ontem, pagaram R$ 40 mil para uma banda chamada Forró da Silibrina ensinar a quem estava assistindo ao show, sexo. Vergonhoso, famílias, adolescentes, crianças verem dançarinas ensinando a enfiar porta-cd no CU, ensinar aos homens a fazerem sexo com duas mulheres para levarem surra de Bunda, passavam o CD na vagina e distribuía para a galera, dançarinas deitadas no chão e um homem por cima. Ninguém entendia que estilo era aquele, não sei se era pagode, arrocha, só sei que forró não era tocado. Assim como eu, várias pessoas ficaram indignadas, revoltadas, isso não podia está acontecendo na cidade que já teve a melhor festa da região. Fui com alguns amigos procurar a Gerente de Cultura, queríamos uma explicação, quando a encontramos, ela estava com o prefeito, fui indelicada, porque nem boa noite dei, já fui perguntando como eles tiveram coragem de trazer uma banda daquela. Minha vontade foi de subir ao palco e pedir para a banda se retirar da minha cidade, mas a culpa na era da banda e sim dos organizadores da festa. Se contrataram já sabiam o tipo de show que estava trazendo para cá. Por esse valor, temos bandas melhores na Bahia, não tinha dinheiro para realizar a festa, mas tiveram dinheiro para jogar no lixo. Confusões apareceram por todos os lados, famílias se retiraram da praça, de repente foi esvaziando, não quis ficar para ver a próxima banda que seria Pick-up de Luxo, eu só queria dançar forró e me divertir, se eu quisesse pagode, sairia no bloco Jabaculê na terça-feira. A resposta que ouvi de que hoje será melhor, não me convenceu, porque a noite de ontem por muito tempo não será esquecida, ainda bem que não tínhamos pessoa de fora, só pessoas da comunidade. Lógico que hoje será melhor, Ivanildo Conceição e a Banda Barulho (Toinho Lima) Bom respeitam seu público e a Banda Lordão também. Agora Prefeito Bêda, volto a pergunta-lhe o que estar acontecendo com o seu governo? Já o fiz diversas vezes essa pergunta, sei que os recursos são poucos, mas nada está bom, a cidade está desorganizada, a sensação é que nada funciona legal aqui, sensação de abandono, essa festa é a gota d’água que faltava para encher o tanque. Para os bajuladores que venham a defender a noite de ontem, aviso logo, tenho o meu direito de protestar, sou cidadã ubaitabense e amo minha cidade, quero sempre o melhor para ela, aproveitem a terça-feira (24) e desfilem pela cidade, já que no dia de São João há tempo foi entregue para os blocos privados."O prefeito responde - "Minha cara Mira, Soraya me mostrou sua postagem sobre o show da Banda Silibrina. Concordo em grande parte com suas críticas. Também não aprovo nem admiro esse tipo de show erótico apelativo, embora reconheça que esse estilo vem lamentavelmente predominando em nosso País, seja no funk carioca, no pagode baiano (boquinha da garrafa, etc) e até recentemente no carnaval do lepo lepo, cuja música foi a vencedora do carnaval. Aqui mesmo em nossa Ubaitaba temos o exemplo do sucesso, principalmente entre as mulheres, de Moreno do Kapricho com suas performances em palco. Quero contudo esclarecer que a prefeitura não contratou nenhum show desse tipo. Trouxemos a banda Silibrina, primeiro por seu preço acessível e depois pela sua tradição de tocar o verdadeiro forró. Quanto aos custos do nosso São João, posso afirmar que não passa dos R$200.000,00 (duzentos mil reais) incluindo-se aí, despesas com estruturas, ornamentação, segurança e todas as bandas. Quanto a estas, cabe esclarecer que apenas três são de fora, uma vez que fizemos questão de que todas as bandas de Ubaitaba tocassem em nossa festa. Àqueles que se mostram preocupados e fiscalizadores do dinheiro público, como por exemplo a vereadora Suka , recomendo mais uma vez a leitura mais atenta dos procedimentos administrativos\licitatórios. Licitação global de estrutura para eventos festivos do Município (Santo Antonio, São João, São Pedro Faisqueira, Dia da Cidade, Dia do Evangélico, Dia das Crianças, Natal, etc) não significa que o valor licitado seja gasto, muito menos somente no São João. Em relação às suas observações sobre o nosso governo, respeito-as, como tenho respeitado todas as suas sensatas opiniões. Apenas lhe peço que ao invés de generalizar, indique ou especifique pontualmente onde o governo em sua prestimosa opinião não está funcionando (p. exemplo, qual escola não funciona, ou posto de saúde, creche, limpeza pública, iluminação, etc) a fim de que eu possa corrigir eventuais erros. Do seu amigo Bêda."
Ubaitaba Urgente

Nenhum comentário:

Postar um comentário