Mário Alexandre e Nazal ouvem propostas dos agricultores.
Mário Alexandre e Nazal ouvem propostas dos agricultores.

Da assessoria do PSD

Os candidatos Mário Alexandre (prefeito) e Nazal (vice-prefeito) se reuniram  com representantes da Associação dos Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una e Buerarema e da Loja Maçônica Vigilância e Resistência.

Realizada no Sindicado Rural, a reunião com os agricultores começou às 18 horas. O encontro contou com a presença dos presidentes da associação, Abiel Santos, e do Sindicato Rural de Ilhéus, Milton Andrade.

Os agricultores apresentaram as principais demandas das comunidades rurais, como: a manutenção das estradas, o bom funcionamento de escolas e postos de saúde e a inclusão digital por meio dos serviços de telefonia e internet.

Também elencaram propostas para a dinamização do setor e a conservação dos recursos naturais. Destacaram o apoio técnico que a prefeitura e outros órgãos podem oferecer para estimular o desenvolvimento sustentável da economia rural. Os agricultores estão conscientes da importância de diversificar a produção agrícola e de aperfeiçoar a cultura cacaueira, sem esquecer o cuidado com a Mata Atlântica e o ciclo das águas.

Turismo

Os membros da Loja Maçônica Vigilância e Resistência receberam Marão (PSD) e Nazal (Rede Sustentabilidade) às 21 horas, no Salão Nobre Venerável Moreno, localizado na Avenida Itabuna. O venerável José Augusto mediou o diálogo.

Os maçons enfatizaram demanda que consideram central para Ilhéus: a organização do setor turístico. Segundo eles, o desenvolvimento da cidade passa necessariamente pela exploração racional e sustentável das nossas riquezas naturais e do nosso patrimônio histórico. Lembraram a relevância de transformar finalmente o projeto orla numa realidade.

A criação da Secretaria de Cultura e Turismo é uma das propostas da coligação Juntos pra cuidar de Ilhéus. Segundo Mário Alexandre, as políticas culturais e de estímulo do turismo devem caminhar juntas.

Diálogo permanente

Marão ficou muito feliz com a produtividade dos dois encontros. “Reafirmamos o compromisso que assumimos desde o início dessa caminhada. Nosso governo será totalmente aberto para o diálogo com todos os segmentos sociais”, garantiu o próximo prefeito de Ilhéus.

Segundo Nazal, “o diálogo permanente com a população é estratégico, porque as pessoas conhecem o território, a cultura, as carências e os potenciais de Ilhéus. Não é possível governar bem sem ouvir o povo”.