Aprovados para o cargo de guarda municipal cobram nomeação ao governo Jabes Ribeiro.
Aprovados para o cargo de guarda municipal cobram nomeação ao governo Jabes Ribeiro. Imagem: Divulgação.

Denúncia de concursados motivou solicitação do Ministério Público do Trabalho

Em conversa por telefone na manhã dessa quarta-feira (21), a procuradora Sofia Vilela de Moraes e Silva, do Ministério Público do Trabalho em Itabuna, confirmou a este blog que solicitou à Prefeitura de Ilhéus informações sobre a contratação de uma empresa de vigilância armada. O município receberá a notificação ainda hoje e terá prazo de cinco dias para se manifestar.

A procuradora decidiu requisitar esclarecimento do governo Jabes Ribeiro por causa de uma denúncia apresentada pelos aprovados no concurso para o cargo de guarda municipal. Eles argumentam que a prefeitura deveria treinar o efetivo atual para usar armas e admitir os candidatos que conquistaram o direito de trabalhar no município, ao invés de terceirizar o serviço.

Nessa terça-feira (20) o Blog do Gusmão publicou matéria com as versões dos concursados e do governo – lembre aqui.

Mais informações em breve.