loading...

domingo, 6 de novembro de 2016

Caso Andressa: Em Coarací primo assassino é condenado a mais de 31 anos de prisão

images
imagem_noticia_5-1Um homem acusado de rapto e estupro seguido de morte foi condenado a 31 anos e 4 meses de prisão em julgamento na ultima sexta-feira (4) na cidade de Coaraci, na região sul baiana. A vítima era prima do réu em um crime ocorrido em 2013, na cidade de Almadina.Na época, Emerson de Jesus Santos, de 28 anos, foi preso e confessou ter matado a menina Andressa dos Santos Ferreira por vingança. A Polícia informou que a vítima ficou quase um mês sob poder do primo, antes de ser assassinada. Emerson foi preso depois de três dias de o corpo ser encontrado jogado no Rio Almada. Quando foi preso, o acusado declarou que estava revoltado com a família e raptou a criança para se vingar. Justificou que a família da vítima o chamava de drogado e traficante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário