Governador Rui Costa (PT). Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.
Governador Rui Costa (PT). Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

A informação é do sindicado que representa os trabalhadores da indústria pesada na Bahia, o Sintepav-BA. Segundo o entidade, a OAS demitiu 27 funcionários que trabalhavam na construção da nova ponte de Ilhéus, alegando atraso de repasses de recursos do governo Rui Costa.

O sindicato exige a readmissão dos funcionários. Além disso, afirma que a OAS toca a obra com menos de 150 trabalhadores, quando seriam necessários 350.

O Sintepav-BA também cobra medidas para garantir a segurança e os direitos trabalhistas dos operários.

Com informações do Blog Agravo.