dga

dga

domingo, 12 de março de 2017

ITABUNA - CONHECIDOS NÃO ACREDITAM EM SUICÍDIO DE HÉLIO DO MÓDULO CENTER

O ex-ascensorista elevador no edifício Módulo Center, Helio José de Oliveira, 59 anos, foi encontrado morto na manhã deste sábado (11), em sua residência na Rua Castro Alves, bairro Califórnia, em Itabuna. A vítima segundo sen consta, suicidou enforcando-se com um lençol. Na mesa da cozinha a polícia encontrou um bilhete com os dizeres: “Não quero culpar ninguém do acontecido”. 
O Departamento de Polícia Técnica foi acionado e fez a remoção do corpo. A polícia vai investigar o caso. A suspeita inicial é que Hélio tenha cometido suicídio por enforcamento.
Todavia, amigos e conhecidos estão ponto em dúvida essa versão pelas circunstâncias, já que o corpo foi encontrado de joelhos enforcado com um lençol pela nunca. O que intriga também é a suspeita de ter uma de suas pernas fraturadas e sangrando.
Por respeito não divulgaremos as fotos, que podem ser conferidas em outros sites.

Um comentário:

  1. Não precisa ser um perito para perceber que a cena é extremamente suspeita. O lençol que supostamente foi utilizado para o enforcamento não esta enrolado no pescoço da vitima, mas sim da nuca para a bochecha. O triste é saber que a policia já deu o caso como encerrado sem nem mesmo realizar qualquer tipo de investigação. O bilhete deixado não condiz com a letra da vitima, a comparação da assinatura da RG deixado ao lado do bilhete é visível... Da forma como a policia conduziu toda a situação, é muito provável que nem se quer o celular e a caneta utilizada para escrever o bilhete tenha sido levado para a delegacia como prova... Desta forma fica fácil cometer um assassinato e forjar a cena do crime para configurar um suicídio... esse caso pode inspirar outros, já que a nossa policia não da a menor importância a uma vida que virou só mais uma para a estatística.

    ResponderExcluir