loading...

quinta-feira, 9 de março de 2017

Novos profissionais reforçam Programa de Saúde da Família no Banco da Vitória e Ilhéus II

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, recepcionou, na manhã desta quinta-feira, 9, na sede oficial do governo, no bairro da Conquista, a equipe do Programa Estadual de Residência Multiprofissional em Saúde da Família (Permusf), formada por fisioterapeutas, psicólogas, nutricionistas, enfermeiros, assistentes sociais e educadores físicos. Os novos profissionais vão atuar nas Unidades de Saúde da Família (USF) dos bairros Banco da Vitória e Ilhéus II, com carga horária semanal, cada um, de 60 horas, e dedicação exclusiva no período de 24 meses.
Após dar boas-vindas à equipe, o prefeito Mário Alexandre falou sobre a importância das atividades a serem desenvolvidas no reforço do atendimento ao público nas unidades de saúde do município. “Nossa gestão vem fortalecendo e aumentando o atendimento médico. E agora traz os residentes da Escola Estadual de Saúde Pública da Bahia, dentro da proposta que temos para fortalecer a atenção básica nos postos de saúde e oferecer à população atendimento de excelência. Na Bahia, poucos municípios têm este tipo de serviço e nós conseguimos”, reforçou.
Por sua vez, a gerente Técnica e de Planejamento da Secretaria de Saúde de Ilhéus, Sonilda Mello, afirmou que os 12 novos profissionais serão divididos em áreas distintas. “Um grupo fica no bairro Ilhéus II e o outro no Banco da Vitória. Lembramos que neste último bairro também temos um médico-residente vindo do Hospital Sírio Libanês, em Salvador, para conhecer e trabalhar dentro da estratégia do Programa Saúde da Família. Então, vamos adequar essa equipe multiprofissional junto com esse médico e transformar o Banco da Vitória em estratégia neste programa. Esses profissionais estarão exclusivamente para trabalhar com essa população”, ressaltou.
Ao agradecer em nome dos colegas, o educador físico Ramon Sena, do município de Feira de Santana, disse que essa proposta se fundamenta na política nacional de atenção básica, que concretiza a política em termos de praticidade. “Também oportuniza o maior grau de conhecimento por parte dos estudantes, na medida em que eles apresentam múltiplas áreas como o próprio nome do programa já diz, residência multiprofissional”. E completou: “A partir de então, com essa política de qualificação da mão de obra dentro do serviço de saúde temos a possibilidade também de trocar experiências e fazer com que a saúde esteja cada dia mais qualificada para a população”.
Atenção básica – O Programa Estadual de Residência Multiprofissional em Saúde da Família (Permusf) é voltado para a área prioritária da atenção básica, cujo foco é a formação de profissionais para atuar nas equipes de apoio básico e especializado à estratégia de saúde da família. O programa é pautado em políticas públicas de saúde que priorizam a integralidade do cuidado com base territorial, com vistas ao fortalecimento da rede de atenção primária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário