loading...

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Suspeitos que ameaçaram Promotor de Justiça após júri popular são presos em Erechim


Após Júri realizado no Fórum da Comarca de Erechim na última quinta-feira (13) dois acusados, que foram condenados e estavam respondendo em liberdade, foram presos em flagrante por policiais da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (DEFREC) na cidade de Erechim, por ameaçar o Promotor de Justiça que atuou no caso. Após o término da sessão plenária o representante do Ministério Público estava retornando ao prédio da Promotoria quando foi ofendido e ameaçado de morte pela dupla.
Segundo o delegado Gustavo Ceccon, os suspeitos foram julgados e condenados, um a 15 e outro a 12 anos de reclusão pelo homicídio de Fernando Barbosa da Silva, morto no ano de 2010 na cidade de Erechim, e obtiveram o direito de recorrer em liberdade. “Quando o representante do Parquet, que atuou em plenário no respectivo caso, estava ingressando no prédio da Promotoria situado em frente ao Foro, foi ameaçado de morte e ofendido pelos indivíduos”, conta o delegado. Imediatamente o Promotor entrou em contato com os policiais da DEFREC que localizaram e prenderam em flagrante os suspeitos. Segundo Ceccon, “nenhuma espécie de ameaça ou intimidação com relação a alguma autoridade legalmente constituída será admitida, sendo que a Polícia Civil está sempre pronta para agir e evitar esse tipo de situação”.
Prisão - Foto: Polícia Civil
Fonte: DEFREC/Erechim
Larissa Marafiga
JF

Nenhum comentário:

Postar um comentário