loading...

terça-feira, 16 de maio de 2017

CRESCE REJEIÇÃO À REFORMA DA PREVIDÊNCIA

A vida não está fácil para o Temer. Em enquete realizada pelo PMDB, a reforma da Previdência é rejeitada por 97% dos brasileiros, mesmo com o investimento pesado do governo em publicidade.
Os dados eram inegáveis. Até a manhã de sábado (13/05), 25.048 pessoas tinham respondido à pesquisa e 24.186, ou seja, 97%, disseram ser contra a reforma. Apenas 397 pessoas, o equivalente a 2%, afirmaram ser a favor da proposta. Outras 2% apontaram desconhecimento da matéria e 84 não opinaram.O PMDB sonda a população para se posicionar sobre a questão. Caso haja fechamento do partido pela aprovação, os 64 deputados e 22 senadores deverão se alinhar, sob pena de serem expulsos. Temer já deixou claro que perseguirá as indicações a cargos dos parlamentares que votarem contra a reforma, mas, também, aproveita a liberação de verbas às emendas parlamentares, para aumentar a fidelidade e diminuir as resistências. É o vale tudo dos golpistas passando o trator sobre os direitos do trabalhador.
Nesse contexto, aumenta as expectativas de atuação das centrais. Semana que vem tem uma grande mobilização contra as reformas e em defesa dos direitos, em Brasília, quando a proposta deve ser votada no plenário da Câmara Federal. O presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, ressalta que esta será "uma das maiores mobilizações do movimento sindical dos últimos anos". (SBBA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário