loading...

quinta-feira, 11 de maio de 2017

SUSPEITOS SÃO PRESOS POR HOMICÍDIO DE MÃE E FILHA EM VESPASIANO



Cinco pessoas de uma mesma gangue foram indiciadas pela Polícia Civil em razão do homicídio de Ana Lúcia Gomes de Araújo, de 53 anos, e da estudante de Direito Francianne de Araújo Rodrigues, de 25, mãe e filha. As vítimas foram executadas no dia 25 de janeiro deste ano, no bairro Novo Horizonte, em Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte.
Conforme investigação, Alexandre Vieira, de 28 anos, chefe da gangue que atua na região dos fatos, teria ordenado o crime. Anderson Pereira de Souza (conhecido como “Pingo”), de 23; Clenio Gustavo de Almeida (o “Buda”), de 18; Braz Max Ribeiro Neves Junior, de 28; Jhonatan Sávio Freitas Oliveira, de 21; além de quatro adolescentes, estão sendo apontados como suspeitos de participarem do homicídio.
De acordo com as investigações, o crime foi motivado por uma dívida do filho de Ana Lúcia com os suspeitos. O rapaz, que também fazia parte da gangue, teria decidido deixar o grupo após o nascimento do filho e, para isso, foi necessário mudar-se do bairro.
Por esse motivo, os suspeitos passaram a cobrar os débitos devidos pelo jovem diretamente a Ana Lucia e Francianne, inclusive com ameaças. Com medo, as vítima decidiram então denunciar o comércio de drogas realizado pela gangue, acreditando que assim se veriam livres das intimidações. Indignados, os suspeitos então planejaram a morte das mulheres.
A delegada que conduziu o inquérito policial Alice Batello, relata que mãe e filha foram mortas de joelhos, implorando pela vida. Após o crime, o grupo ainda roubou vários eletrodomésticos que estavam na casa das vítimas.
Batello conta que a população ficou indignada com o fato, visto que as vítimas não tinham qualquer envolvimento com a criminalidade. A delegada ainda ressaltou as dificuldades durante as investigações, já que o crime envolveu criminosos conhecidos pelo alto grau de periculosidade. No curso das investigações foram apreendidos dois revolveres calibre 38, uma submetralhadora calibre 380 e um carregador artesanais, além de drogas.
assessoria de comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário