loading...

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Galeria do Teatro de Ilhéus recebe mostra de fotografias



A galeria do Teatro Municipal de Ilhéus recebe de 17 a 31 de julho, a mostra de fotografias, aquarelas e desenhos, resultado de trabalho das artistas Cláudia Pompeu e Geraldine Belmont. O acervo é apresentado em diferentes técnicas e linguagens que retratam a conexão de duas mulheres com os elementos da natureza não somente do ponto de vista estético, mas de pesquisa e reflexão que elas mantêm sobre a relação homem-natureza. Toda a venda da obra terá percentual destinado para suporte financeiro do trabalho desenvolvido pelo Instituto Tartarú, fundado em 2016, na Península de Maraú.
De acordo com a produção da mostra, as obras de Cláudia Pompeu e Geraldine Belmont retratam o mar, suas cores, a mata atlântica e os seres que neles vivem, com viagem livre entre os elementos visíveis e invisíveis da natureza. “Sonhar junto torna-se realidade. Aqui, essa realidade é poética e inspiradora. Usar a arte para falar da natureza e da urgência de sua preservação tem o objetivo também de divulgar o trabalho do instituto, do qual ambas são diretoras”.
Cláudia Pompeu é fotógrafa paulista e sempre vem ao sul da Bahia em busca da singularidade oferecida pela biodiversidade da região. Pós-graduada pela Escola de Belas Artes de São Paulo, foi vencedora do prêmio Pinagram, oferecido pela Pinacoteca do Estado de São Paulo, em 2015. Participou da mostra “Índia”, na Fundação Armando Alves Penteado, em 2016, e de diversas exposições coletivas. É publicitária de formação. Atualmente é diretora de fotografias na Buteco Filmes.Já Geraldine Belmont veio ao Brasil em 2004, para desenvolver trabalhos na área de proteção ao meio ambiente, com foco em resíduos sólidos. Mora em Ilhéus há treze anos. Pela segunda vez expõe sua produção artística na cidade, inspirada por seu trabalho ambiental e na riqueza da biodiversidade da mata atlântica. Formou-se em belas artes pela Escola de Arte de Lausanne, em 2001, participou de exposições coletivas no Centro de Escultura de Nova York, no Museu de Artes Aplicadas de Viena, Áustria, e individuais em Londres, Berlim, Genebra e Zurique.

Nenhum comentário:

Postar um comentário