loading...

segunda-feira, 19 de junho de 2017

São João de Camamu começou neste domingo (18) e segue até dia 27. O evento tem vasta programação cultural.




A festa começou neste domingo, 18 e vai até dia 27 quando Camamu completa 457 de Fundação e 126 de Emancipação Política, comemorando o Dia da Cidade.
A prefeitura de Camamu, neste ano, além da festa típica do São João, com diversas bandas locais e regionais, resgatou o "Arraiá da Fazendinha" que envolve uma vasta programação cultural envolvendo toda a comunidade e escolas locais
Veja a programação Cultural de "A Fazendinha"
Domingo (18) aconteceram apresentações e participações dos Grupos de Convivências – Crianças e adolescentes do Paif, SCFV do Cras do Travessão, Cia de Teatro Macamamu, Pau de Fita do Acaraí, Comunidade do Barroso – Samba de Roda, além das apresentações das Escolas Municipais com temas sócios-culturais.
Segunda-feira - 19/06, 18h – Grupo de Convivência da 3a. Idade do PAIF e CRAS de Camamu; apresentação das Escolas – Quadrilhas dos Idosos e rainha do milho, amendoim e a florista, casamento na roça.
Terça-feira - 20/06, 16h – Apresentações das Escolas, Branca de Neve, Garcia, Noélia Nascimento, Magarida Genê, Escola São José (Travessão), Vasco Filho, Benício Dias, Eponina Marques Ferreira. Encerramento 21h. Apresentação de Danças e Quadrilhas.
Quarta-feira - 21/06, 16:40 – Assentamento Mariana, dança e arrasta pé da reforma agrária; escolas do Acaraí (infantil), Orojó, Pinaré, Ilha Grande, Paulo Magalhães. Apresentação de danças e quadrilhas.
Quinta-feira - 22/06, 15:30 – Apresentações de danças e quadrilhas das escolas Escola Edasi, Monteiro Lobato, São Domingos, Maria Augusta, Marcelino Borges, Pirajá Silva, Acaraí (adulto).
Sexta-feira - 23/06, 18h – Núcleo do Acaraí – Apresentação do "Pau de Fita"
Sábado- 24/06, 17:30 – Casamento na Roça, apresentação do Grupo Teatral Macamamu.
De 25 a 26 a festa continua, mas só com a programação musical. No dia 27 acontece o Dia da Cidade.
"A Fazendinha representa a comunidade de Camamu participando da festa forma integrada. E isso a gente também está cuidando, da autoestima das pessoas. Ficam feliz os estudantes que participam, os pais que veem seus filhos dando um show à parte e quem vai assistir. Por isso, achamos importante trazer o esse espetáculo de volta, não é apenas uma festa de palco, mas tem toda uma história, uma tradição envolvida". Comenta prefeita Ioná Queiroz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário