loading...

quinta-feira, 13 de julho de 2017

ESTELIONATÁRIO VENDIA TERRENOS ILEGALMENTE E SE PASSAVA POR PASTOR


Submetido a exames de lesão corporal no Departamento de Polícia Técnica (DPT), suposto pastor João foi encaminhado ao Presídio Regional de Feira Santana, onde permanecerá à disposição da Justiça. Operação da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Feira de Santana, cumpriu, na segunda-feira (11), um mandado de prisão preventiva contra João Alves Filho, o homem conhecido como Pastor João, cujo escritório de trabalho fica no andar de cima da instituição com o nome pouco sugestivo para uma igreja: "Casa do Povo", naquela cidade. O mandado foi expedido pela 2ª Vara Crime, da Comarca de Feira.O pastor é acusado de ter, por meio da GHP Empreendimentos, de sua propriedade, lesado dezenas de pessoas vendendo terrenos de um loteamento ilegal no bairro Olhos d’Água, também em Feira de Santana. Quatro mandados de busca e apreensão também foram cumpridos, resultando na apreensão de computadores e documentos, que estavam em diferentes imóveis usados pelo pastor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário