loading...

quarta-feira, 26 de julho de 2017

GOLPE NO TRÁFICO. OPERAÇÃO SEPTEM APREENDE 800 QUILOS DE MACONHA E R$ 800 MIL COM CASAL ARMADO



Um casal, de 39 e 40 anos, suspeito de ser um dos principais fornecedores de drogas no Litoral do Estado, foi preso na manhã desta terça-feira (25), durante a operação “Septen”, deflagada pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). Ao longo da ação policial cerca de 760 quilos de maconha, avaliados em torno de R$ 800 mil, foram apreendidos.
Uma terceira pessoa, um homem de 46 anos, também foi preso suspeito de adquirir a droga do casal. As equipes policiais apreenderam ainda, o valor de R$ 35 mil em dinheiro, uma carabina calibre 44 e dois carros utilizados para o transporte da droga. A operação “Septen” foi realizada de forma simultânea nas cidades de Curitiba, Londrina, Matinhos e Umuarama.
As investigações iniciaram há cerca de oito meses, depois que a Denarc constatou que o casal residente no Litoral do Estado, era responsável pelo fornecimento da droga aos menores traficantes da região de Londrina.
Com base nessas informações, os policiais da Denarc iniciaram uma série de diligências chegando até os investigados. O casal foi preso em seu apartamento situado no bairro Sertãozinho, município de Matinhos, através de um mandado de prisão preventiva expedida pela Justiça.
Os suspeitos não esboçaram reação. Em sua casa foram apreendidos a quantia de R$ 35 mil em dinheiro, bem como dois carros – sendo um Jeep/Renegade vermelho e um veículo Rural verde.
Seguindo diligências até outra propriedade do casal, na mesmo bairro, os policiais apreenderam 730 quilos de maconha. O entorpecente estava congelado, armazenado em dois freezers prontos para serem vendidos. Não havia moradores do local.
De acordo com informações apuradas pela polícia, o casal também possuía propriedades no município de Umuarama. Em diligências em na residência situada no Centro da cidade, a equipe policial apreendeu mais 31 quilos de maconha e uma carabina calibre 44, não havia ninguém na casa.
Na cidade de Londrina, um homem de 46 anos também foi preso por meio de um mandado de prisão preventiva. Investigações apuraram que o suspeito adquiria drogas do casal para revender na região Norte do Estado.
O nome “Septen” significa sete em latim e foi dada como nome da operação porque a primeira pessoa presa ao longo das investigações tinha o apelido de “Sete”. Os três suspeitos responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Todos permanecem presos à disposição da Justiça.
A 7ª Subdivisão Policial (SDP) de Umuarama deu apoio a ação policial.



Nenhum comentário:

Postar um comentário