loading...

quinta-feira, 27 de julho de 2017

INSTRUMENTOS MUSICAIS RECUPERADOS ERAM VENDIDOS NA INTERNET



O delegado Adailton Adan, do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), anunciou, nesta quinta-feira (27), a recuperação de 28 instrumentos musicais, avaliados em R$ 30 mil. O lote foi furtado em dezembro do ano passado do depósito de uma importadora e distribuidora localizada no bairro do Brás, em São Paulo.
Funcionários da empresa descobriram que alguns dos instrumentos musicais estavam sendo anunciados num site de varejo, cujo vendedor tinha o endereço de Salvador, e fizeram contato com a Polícia Civil da Bahia. As investigações levaram os policiais até um imóvel, no bairro de Sete de Abril, na semana passada, onde o material foi encontrado.
Três pessoas já foram identificadas e os nomes preservados para não atrapalhar as investigações. Elas afirmaram terem vendido alguns instrumentos para os interessados que responderam aos anúncios divulgados no site. O trio será indiciado pelo crime de receptação ao final das investigações.
Segundo o delegado Adailton Adan, o trabalho de investigação vai prosseguir para rastrear a venda dos instrumentos e chegar aos compradores. “Por se tratar de um negócio feito pela internet, esse trabalho é um pouco mais longo”, explica.
Dois representantes da importadora e distribuidora paulista já estiveram no DCCP para receber de volta os instrumentos recuperados. Eles informaram que, no dia do crime, os ladrões levaram um total de 740 instrumentos, entre violinos, saxofones e flautas, avaliados em R$ 600 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário