loading...

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Polícia Civil apreende carga de cigarros contrabandeados em Soure no Marajó



A Polícia Civil apreendeu, na madrugada desta quarta-feira, 5, um barco carregado com 5,5 mil maços de cigarros contrabandeados, em Soure, município da Ilha do Marajó. A carga veio do Suriname com destino à Abaetetuba, no nordeste do Pará, de onde tinha como destinos os municípios de Soure e Salvaterra. A abordagem foi realizada por policiais civis da Superintendência Regional do Marajó Oriental, sediada em Soure. O dono da carga, Valdemir de Jesus de Lima Rodrigues, 46 anos, foi preso e vai responder por crime de contrabando.
Carga apreendidaSegundo o delegado Rodrigo Amorim, titular da Superintendência, as investigações começaram após policiais receberem a informação sobre a chegada do barco Menino Deus.Na embarcação, detalha o delegado, eram transportados ilegalmente cigarros, velejando por uma rota que passa pela contra costa do Marajó, entre Soure e Chaves.
"Aí, a equipe policial começou a monitorar o barco e se cercar de informações sobre ele, como o local de venda e o volume da carga. Até que ontem (terça-feira) foi avistado o barco no porto Guajará em Salvaterra", detalha.
Assim que o barco cruzou o rio Paracauari, localizado entre as cidades de Soure e Salvaterra, os policiais civis fizeram a abordagem.
O proprietário do barco, assim que foi abordado, confessou o crime e citou os comerciantes aos quais já havia vendido parte da carga em Soure. Assim, os policiais civis seguiram até os comércios e conseguiram recuperar mais de 101 maços de cigarros que já haviam sido distribuídos ilegalmente. A pena máxima para o crime de contrabando é de 5 anos e é inafiançável na Polícia. O preso vai permanecer recolhido à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário