loading...

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

POLÍCIA CIVIL PRENDE ESTELIONATÁRIO QUE SE PASSAVA POR POLICIAL CIVIL



As investigações do 3º Distrito Policial, sob a coordenação das Delegadas Daniela Novais Santana e Vivian Parreira Martins, tiveram início a partir do momento em que diversas vítimas passaram a se queixar de terem sido enganadas pelo investigado, quando ele ofertava a possibilidade de transferência da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de outros estados para Minas Gerais,
retirada de multas do sistema DETRAN, dentre outros golpes recorrentes. Para angariar confiança das vítimas, o investigado mencionava, durante as negociações, nomes de policiais civis e outras autoridades públicas.
Segundo as investigações, a lucratividade auferida por ele foi em torno de R$ 40.000.
As Delegadas responsáveis pelas conduções dos Inquéritos alertaram à população que no tocante às multas, uma vez aplicadas, elas permanecem no sistema, não sendo possível sua retirada e também destacaram que, uma vez apreendidos, objetos produtos de crimes ficam à disposição para eventual liberação somente pela Autoridade Judiciária.
Aproveitaram o ensejo para conclamar o comparecimento de eventuais outras vítimas até a Unidade Policial, caso tenham também sofrido golpe do investigado. Assessoria de Comunicação – PCMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário